O Homem Aranha em memória da tragédia do 11 de Setembro

Primeiro gostaria de me desculpar com todos os leitores deste Indulgente Espaço Virtual. Esta atualização ainda roga, já que ainda é sobre o famigerado 11 de Setembro, mas não rolou fazer em tempo hábil, pois precisei me hospitalizar por estar doente.

Muito doente.

Mês Onze de Setembro - Eu sendo socorrido para o Hospital por familiares
Mês Onze de Setembro – Eu sendo socorrido para o Hospital por familiares

Este ultimo final de semana foi terrível: Fui ao Hospital duas vezes, tomei medicação na veia, fiz uma caralhada de exames e tudo isso enquanto ainda estava doente. A Ciência atual ainda não descobriu o que eu tenho, mas sou resistente feito uma barata e não me dou por vencido, suporto as adversidades com heroica humildade.

Contudo, já estou bem melhor. Obrigado por perguntar.

Voltando ao que interessa, este mês estamos discutindo os eventos que relembram o ataque contra as Torres Gêmeas. Uma coisa que eu sempre andei procurando (sim, creio que desde o ano do ataque que eu procuro isso) e não achei,  era uma HQ do Homem Aranha tratando do assunto. Caso tenha interesse em conferir esse marco das HQs, clique aqui.

Homem Aranha – Em Memória da Tragédia de 11 de Setembro

Mês Onze de Setembro - Homem-Aranha - Em homenagem da tragédia de 11 de Setembro
Mês Onze de Setembro – Homem-Aranha – Em homenagem da tragédia de 11 de Setembro

A Edição de número 36 do Homem-Aranha (cujo título é Homem-Aranha em Memória da Tragédia de 11 de Setembro) teve o roteiro escrito por J. Michael Straczynski e o traço ficou por conta de John Romita Jr. (muito bom, diga-se de passagem). Com muitos simbolos de um Nacionalismo forte e uma pegada mais “humana” para os Heróis, a História mostra um Homem Aranha (e demais herósi Marvel) pego de surpresa diante de um Ataque Terrorista na terra do tio Sam.

Sim, se essa HQ tem algo legal é o fato de que nenhum Super Herói conseguir impedir que Obama Bin Laden derrubasse as Torres.

Quadrinhos são um ótimo norteador e uma forma bastante interessante de manter um público informado de assuntos de difícil trato.

A HQ do Cabeça de Teia foi, se não me engano, foi uma das primeiras a abordar o trauma sofrido pela nação gringa (saiu em Dezembro de 2001) e, aqui  no blog, também já falamos do trabalho do Story Corps em gravar histórias. Outro exemplo, você pode aprender valores morais com HQs. Foi pensando nisso que a Marvel criou capas de HQs contra Bullying.

Tal prática da Marvel é recomendada pelo Bazuca!

Um Nacionalismo Exacerbado

Mês Onze de Setembro - Homem-Aranha durante o atentado contra as Torres Gêmeas
Mês Onze de Setembro – Homem-Aranha durante o atentado contra as Torres Gêmeas

Eu adoro Quadrinhos e, como eu disse mais cedo, eu procurei bastante pela HQ do Homem Aranha enfrentando  o 11 de Setembro e fiquei feliz feito uma vaca no pasto depois de encontrá-la na Internet. Contudo, caso você não curta o Espírito Nacionalista Americano ricamente disseminado na revistinha, melhor nem chegar perto de ler.

O teor dos comentários são incrivelmente tendenciosos. O Aranhudo age como se toda a Nação Americana fosse “vítima”, estuprada por um Monstro Alienígena Impiedoso Sadicamente Pirocuro e Ignorante.

Não estou minimizando a Tragédia ou ignorando o sofrimento de quem passou por aquilo, mas é preciso entender que frases como “Limites foram ultrapassados”, “Somente um Louco pensaria isso”, “Verdadeiros Heróis” ou “Justiça Infinita” e cenas comoventes como o garoto negro amparado pelo Homem Aranha, ao encontrar o pai morto compõem um discurso vitimizado de uma nação que sempre lucrou com a Guerra.

Engraçado que, nessas horas, tanto comedor de hamburguer chorando pelas Torres Gêmeas, ninguém questiona a Bomba Atômica em Hiroshima e Nagazaki, o que me lembra o Mangá Gen Pés Descalços (um dia eu pretendo falar dele aqui)… mas se você acha que estou exagerando e sendo cuzão neste post, guardei o melhor pro final.

O Dr. Destino chora pelos americanos. Sim, uma lágrima pelo American Way of Life.

Sério, pare o que você está fazendo e pense um pouco no assunto: No Universo Marvel, o Dr. Destino é a pica das galáxias e não tem pra ninguém. Ele incorporou Poderes de personagens super ultra hiper mega ultimate really fuckyng como Galactus e Surfista Prateado, foi o primeiro personagem Marvel a trazer o conceito de viagens no Tempo, além de ser aluno do Marqês da Morte…

… talvez só perca pro Pica-Pau, não sei ao certo.

 

Mês Onze de Setembro - Não, eu não consigo ver um homem chorar, nem nos quadrinhos...
Mês Onze de Setembro – Não, eu não consigo ver um homem chorar, nem nos quadrinhos…

Enfim, a ideia de que alguém que carrega o Horror em suas histórias choraria diante de um ataque terrorista é, no mínimo, ridicula.

 

Conclusão da leitura da HQ do Homem-Aranha sobre o 11 de Setembro

Sim, claro, houveram outras tentativas de abordar o assunto (os filmes demoraram um pouco) e insisto que a ideia da História foi boa e trouxe um aspecto mais “humano” e “limitado” aos Heróis, que não tiveram condições de barrar o sentimento desenfreado de Guerra e Terror dos Homens.

Também conta como ponto positivo ressaltar o trabalho de indivíduos que pouco são condecorados por suas atividades arriscadas: Bombeiros, Socorristas, Policiais, toda essa gente que se expõe ao perigo para nos manter em segurança .

Mas vale ressaltar que há um apelo muito forte de nacionalismo aos símbolos americanos. A ideia de que “limites foram ultrapassados” parece tentar apagar todas as intervenções dos americanos em empreitadas armadas durante a História que também ultrapassaram limites. Hiroshima, Nagazaki, Vietnã, Oriente Médio…

…. cara, eu poderia passar o resto do dia postando sobre isso.

Como eu disse mais cedo, Quadrinhos e demais formas de expressão são ótimas para expor assuntos delicados e reforçar o aprendizado da História, mas não são substitutos. O estudo do assunto e a crítica é importantíssima para evitar que discursos unilaterais escondam problemas do passado.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s