A Primeira Guerra pela Arte de Käthe Kollwitz

Mais um Aniversário da Primeira Grande Guerra Mundial (tecnicamente ela iniciou dia 28 de Julho de 1914) e, apesar de uma Linha de Tempo originalmente Positivista, sabemos que essa grande treta já vinha se desenrolando muito antes desse ano.

Aqui no Blog, pouco falamos sobre tão terrível embate de Potências Mundiais, apesar de ser um blog sobre História, acabo me demorando muito sobre Arqueologia e já falamos aqui sobre a famosa Trégua de Natal nas Trincheiras da Primeira Guerra e sobre descoberta de abrigo da época da Primeira Guerra com corpos muito bem conservados. Hoje falaremos sobre uma artista que, depois de perder o filho na Guerra, expressou na sua Arte o horror de uma mãe que perde o filho.

Käthe Kollwitz completaria 150 anos em 2017

Käthe Kollwitz foi uma importante artista alemã (desenhista, pintora e escultora), cuja obra reflete uma eloquente visão das condições humanas na primeira metade do século XX. Käthe Kollwitz foi uma importante artista alemã (desenhista, pintora e escultora), cuja obra reflete uma eloquente visão das condições humanas na primeira metade do século XX. Em 2017 (no dia 8 de julho de 1867) Käthe Kollwitzs completaria seus 150 anos de idade.

A perda do filho na Primeira Guerra

Kollwitz tinha um filho que lutou na primeira guerra, igual a muitos outros jovens na época, foi para o campo de batalha e morreu com apenas 18 anos. Para a sepultura dele, Käthe Kollwitz esculpiu a Estátua chamada The Grieving Parents, representa uma esculltura de si mesma ao lado do Marido.

Durante o regime nazista, seu trabalho foi proibido por se considerado “impróprio”. Além de sua arte, seus diários revelam muito de sua personalidade “revolucionária”.

Eu era uma revolucionária, a minha infância, os meus sonhos de juventude eram revoluções e barricadas. – Käthe Kollwitz, Tagebuchblatter und Briefe

Sua escultura mais famosa, chamada Pietà,exposta no prédio da Nova Casa da Guarda de Berlim (um Memorial para as vítimas da Guerra localizado entre o Museu Histórico Alemão e a Universidade Humbold), cidade onde Kollwitz morou, é considerado um Símbolo das vítimas dos horrores da Guerra.

Escultura Pietà de Käthe Kollwitz.
Escultura Pietà de Käthe Kollwitz.

Tem uma postagem muito boa sobre ela no site Segundo Plano, recomendo que você dê um pulinho lá.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s