Mês da Mulherada – A importância da Mulher brasileira, segundo Michel Temer

dia_internacional_da_mulher_8_marco

A Mulher já batalhou bastante para conquistar seu lugar ao Sol. Quem estuda História, sabe disso e você, pequeno gafanhoto, deveria estuar a História pra não sair falando besteira por aí.

Sim, estudar História, enquanto essa disciplina ainda existe.

Falando em coisas que conquistas que podem desaparecer, dependendo de quem está no comando do País, um comentário infeliz por parte do governante do Brasil, Michel Temer, durante Cerimônia no Palácio do Planalto em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, acabou tomando proporções maiores do que a própria homenagem.

Estavam presentes, na cerimônia, a Ministra dos Direitos Humanos (Luislinda Valois), a Secretária nacional de Políticas para as Mulheres (Fátima Pelaes), a advogada-geral da União (Grace Mendonça) e sem falar na plateia, formada predominantemente por mulheres, muitas delas deputadas federais.

//mais.uol.com.br/static/uolplayer/?mediaId=16158867
DESTAQUE DAS MULHERES NA ECONOMIA BRASILEIRA

Expondo sua visão sobre o papel da Mulher na sociedade brasileira, o governante do país declarou:

“Na economia, também, a mulher tem uma grande participação. Ninguém mais é capaz de indicar os desajustes, por exemplo, de preços em supermercados mais do que a mulher. Ninguém é capaz melhor de identificar eventuais flutuações econômicas do que a mulher, pelo orçamento doméstico maior ou menor.”

Ainda, destacou as mulheres como “como figuras de segundo grau” na sociedade. Pra terminar, o governante disse:

“Tenho absoluta convicção, até por formação familiar e por estar ao lado da Marcela [Temer], do quanto a mulher faz pela casa, pelo lar. Do que faz pelos filhos. E, se a sociedade de alguma maneira vai bem e os filhos crescem, é porque tiveram uma adequada formação em suas casas e, seguramente, isso quem faz não é o homem, é a mulher.”

TAPAR O SOL COM A PENEIRA

Depois do discurso de conteúdo duvidoso, tanto o Ministro da Fazenda quanto a secretária nacional de Políticas para as Mulheres, minimizaram o “estrago” de um discurso que ressalta uma opinião com séculos de atraso comparando com as conquistas obtidas pelas Mulheres.

E não pense errado de minha pessoa, sou apenas um aspirante ao cargo de historiador que constata um fato.

Mas e você, mulher brasileira, que bateu panela e foi pra rua exigir democracia, o que acha de ter seu valor reconhecido da cozinha pra dentro?!

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s