Japão expõe pela 1ª vez as lendárias “Katanas Malditas” de Muramasa

Cara, eu sempre curti lutas com Espadas e acho dificil que você seja diferente.

Apertar um gatilho é fácil, quero ver matar com a elegância e destreza de um mortal Espadachim. Eu me lembro bem que, quando moleque, catavamos os cabos de vassoura e saiamos pelas ruas de Fortaleza lutando de “espada”, fazendo fama e tocando o Terror contra quem tivesse cunhões grandes o bastante pra nos enfrentar.

light-saber

Aqui e acolá alguém saia com a “cabeça” dos dedos torada de pancada, mas era legal pacas.

Enfim, houve uma época em que, mesmo com o advento da Pólvora, a Espada ainda era um fator diferencial nos rumos de uma eventual batalha. Ainda hoje, apesar de armas químicas e biológicas, o Status que o ato de empunhar uma espada dá ao cidadão não tá no gibi.

Até um dia desses, eu achei que só velhos usavam essa expressão…

agora eu tenho certeza.

Enfim, se você tiver tempo livre e uma graninha sobrando, vá até Museu Kuwana (Japão) e confira uma exposição excepcional, afinal, trata-se da primeira (eu disse PRIMEIRA) Exposição com as lendárias “Katanas Malditas” de Muramasa Sengo.

Se você um intelectual interessado como Eu, mas está sem grana e sem tempo, o site Rocket News tem um ótimo artigo sobre as “Katanas Malditas”, com fotos de cada espada (cerca de 20 delas). Mas será que as espadas são mesmo Amaldiçoadas por carregarem a Vergonha de seu criador?!

Vamos pra Aula de História, pequeno Gafanhoto.

SENTA QUE LÁ VEM A HISTÓRIA…

Muramasa Sengo viveu no Séc XIV e foi um dos maiores Forjadores de sua época. As Katanas (espadas de Samurais) tinham todo um tratamento artístico, para serem Belas e transmitissem uma ideia de Status, mas Muramasa não, não Senhor!

O cara se empenhava em criar espadas cujo fio cortasse pessoas como faca quente na manteiga.

E como não poderia deixar de ser, todos amaram!

katanainfografico
Imagem tirada de http://oronin.xpg.uol.com.br/Imagens/katanainfografico.jpg

Todo tipo de guerreiro queria uma Katana Muramasa (naquela época, as espadas eram um “Bem” tão importante que tinham registro), desde Samurais genéricos e Generais codecorados, até Daimyos queriam tal espada e fatiar seus inimigos… e amigos, dependendo da eventualidade.

Mas nem tudo é um mar de Rosas (ou flor de cerejeira), pois as Katanas Muaramasa cairam em desgraça depois que Shogun Tokugawa proibiu o uso de tais armas, o que fez o nome de Muramasa cair em desgraça e, eventualmente, suas espadas foram consideradas “Malditas”.

E são essas espadas malvadinhas foram expostas pela primeira vez, desde o dia em que cairam em desgraça.

A 1ª EXPOSIÇÃO DAS MALDITAS ESPADAS MURAMASA

O Museu Kuwana (provincia de Mie) proporcionou, até o dia 16 de Outubro de 2016, a primeira exposição com as Espadas Malditasde Muaramasa Sengo. A entrada para o mundo das espadas malditas custou coisa de 500 ienes ( uns US$ 4,85), mas estudantes e crianças não pagavam para entrar (aprende, Brazil).

Além das referidas Katanas (um trabalho que demandou esforço de Museus e Colecionadores), também contou com a exposição de diversas armas que, acreditam, serem trabalhos de discípulos de Muramasa.

Reza a lenda que, quem tocar numa Katana Muramasa, ficará amaldiçoado. Porém, os curadores garantem que a maldição é contida pelo reforço dos vidros.

“Felizmente, o vidro de proteção das vitrines do museu são eficazes em manter tais forças obscuras longe dos visitantes”.

Há, de fato, um reforço, mas é sabido que trata-se de uma proteção contra intempéries (frio, calor, poeira e tal).

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. AnaFonseca disse:

    Ih, amei saber mais sobre espadas. Depois que li seu post, pensei no filme Kill Bill. Mas ó: meu negócio são facas. Não faquinhas de descascar legumes, mas facão. Há um excesso de faquinhas inúteis no mundo.

    Curtido por 1 pessoa

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s