Setembro Amarelo – ABP e CFM lançam Cartilha de combate ao Suicídio

Ideal e o Possível - Setembro Amarelo
Ideal e o Possível – Setembro Amarelo

Conforme já se tornou rotina (acho que desde 2013 que mantemos essa rotina), o mês de Setembro é reservado a postagens que discutam o Suicídio.

Ideal e o Possível - ABP e CFM lançam Cartilha de combate ao Suicídio
Ideal e o Possível – ABP e CFM lançam Cartilha de combate ao Suicídio

Todos os anos são registrados dezenas de milhares de suicídios no nosso país e, independente da orientação religiosa ou Status Social, nada garante que tirar a própria vida trará alguma solução para eventuais problemas ou mesmo diminuir alguma eventual mágoa ou tristeza.O Suicídio não faz parte de qualquer solução (curto ou longo prazo), mas a Conversa amiga, sim.

Aqui já discutimos muito sobre esse assunto e sempre é bom pensar numa abordagem, não apenas de convencer a Pessoa a mudar suas ideias e trazê-la de volta, mas na intenção de prevenir um princípio de intenção que brote na cabeça do cidadão.

ABP e CFM lançam Cartilha de combate ao Suicídio

Uma dessas abordagens que agora reforçamos é a Cartilha Suicídio: Informando para Prevenir, criada pelo Conselho Federal de Medicina – CFM e Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP , numa parceria para combater os altos índices de suicídio no Brasil.

Suicídios podem ocorrer de forma não intencional (como ocorre na brincadeira da asfixia), estimulados pela Cultura da região/época/história (como ocorre com o ritual Sati ou no ritual Seppuku) ou deliberadamente.

Segundo o material, é possível distinguir algumas características adotadas por pessoas que pretendem se matar e qualificar os Profissionais da Saúde (e qualquer um que se interesse pelo assunto) é fator importantíssimo para identificar um “suicida em potencial, alcançá-lo e resgatá-lo.

Ainda, o material também tem dados atualizados sobre o assunto e formas de abordagem, vale muito a pena conhecer esta Cartilha.

APOLOGIA AO SUICIDIO É CRIME

Tal assunto ainda é considerado um tabu e, para quem não sabe, estimular ou induzir alguém a tirar a própria Vida é crime , conforme Art. 122 do Código Penal:

Art. 122 – Induzir ou instigar alguém a suicidar-se ou prestar-lhe auxílio para que o faça:
Pena – reclusão, de dois a seis anos, se o suicídio se consuma; ou reclusão, de um a três anos, se da tentativa de suicídio resulta lesão corporal de natureza grave.
Parágrafo único – A pena é duplicada:
Aumento de pena
I – se o crime é praticado por motivo egoístico;
II – se a vítima é menor ou tem diminuída, por qualquer causa, a capacidade de resistência.
Infanticídio

Lembrando que a Conversa é sempre a melhor iniciativa para alcançar um Alguém que, cercado de seus próprios problemas e incapaz de encontrar uma solução e cansado demais para tentar algo, apenas precisa de outro Alguém que o escute, ou seja mais solidário do que normalmente costuma ocorrer.

Pense nisso, mas faça algo também.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s