Arqueólogos acreditam ter encontrado palácio de Ulisses (rei de Itaca)

ItacaSe tem algo que eu A-DO-RO na cosmologia grega são os Heróis Épicos!

Simplesmente não há como não gostar das histórias onde se encontram Heróis épicos: Eles são Geniais, enaltecem sentimentos importantes para a Moral humana e suas histórias tem uma trama coesa e interessante.

Sem falar que são fortes feito um jumento batizado.

Se eu fosse mulher, só casaria com um Herói Épico com, pelo menos, três cidades conquistadas e, pelo menos, uma erguida em seu nome. Sim, sou uma Maria Homérica e não nego!

E é com essa questionável confissão que seguiremos com a postagem.

Guerreiro Ulisses
Estátua de Ulisses, rei de Itaca

SENTA QUE LÁ VEM A HISTÓRIA…
Ulisses (ou Odisseu) é apresentado tanto na Ilíada quanto na Odisseia sendo o rei na Ilha de Itaca, filho do Argonauta Laerte e personagem principal da Odisseia. Bom, na Ilíada ele não tem tanta importancia na narrativa quanto na Odisseia…

…Ah ,claro, a ideia do Cavalo de Troia foi do Ulisses, mas isso não vem ao caso.

Falando nisso, tanto a Iliada quanto a Odisseia foram escritas “supostamente” por Homero. Sobre a questão de Homero ser apenas um cara ou vários sob um título (dando a ideia de que Homero seria um titulo tipo “Escritor”), recomendo a postagem sobre o livro O Mundo de Homero.

Voltando ao assunto, Ulisses vai para a Guerra de Troia junto de muitos Heróis: Agamenon (variações na grafia são pertinentes), Diomedes, Ajax e o próprio Aquilles de pés ligeiros intencionados a chutar bundas troianas e reaver a bela Helena, sequestrada pelo putinha Páris e, assim, salvar a honra do rei Menelau, de loiros cabelos.

O fato de capturar uma cosmopole altamente rentável que era ponto central de rotas comerciais diversas e dar um Up no Status Quo dos Aqueus da época, reaver a honra de Menelau foi um mero pretexto.

Enfim, Ulisses ajuda seus amiguinhos a varrer do mapa Troia e suas míticas muralhas. Assim, em um ataque de pelancas, diante do Mar (que é o mesmo que estar diante do deus dos mares Posidão), Ulisses achou que seria uma ótima ideia se declarar independente dos Deuses.

Vejam a fragilidade do plano de Ulisses: Sendo alguém que ainda precisa do mar para velejar, Ulisses cria confusão logo com o Deus do Mar. Isso o faz ter problemas com Posidão durante 40 anos.

Salvo engano, Posidão também tinha seus interesses em castigar pessoalmente Ulisses, já que ele defendeu os troianos na guerra.

Blá Blá Blá.

EVIDENCIAS ARQUEOLÓGICAS
O professor Athanasios Papadopoulos (Universidade de Ioannina) trabalhou na região de Agios Athanasios durante 16 anos e acredita ter encontrado sérias evidências da realidade do Mito de Ulisses. Uma edificação de três andares próximo da vila de Exogi é, talvez, o mais significativo achado arqueológico sobre o assunto.

Imagens da estrutura encontrada em Exogi (ilha de Itaca).
Imagens da estrutura encontrada em Exogi (ilha de Itaca).

Segundo Papadopoulos, outras construções semelhantes já foram encontradas em Micenas, Pylos e Tiryns. Há, ainda, a questão dos turistas, pois as escavações e a triagem de material e as visitações acabam complicando o trabalho, por isso os pesquisadores contam até com a ajuda do prefeito (Sr. Spirus Arsenis).

Essa não é a primeira vez que a Arqueologia tenta desenterrar o Mito de Troia. Heinrich Schliemann (arqueólogo alemão) viajou até o sítio arqueológico de Hisarlik, onde encontrou vários assentamentos em sucessão (uma cidade que era criada literalmente sobre a outra, eram sete cidades se não me engano).

Apesar de sua contribuição para a Arqueologia e para a História, muito de seu trabalho nesses sítios arqueológicos foi duramente criticado. Justamente por haverem cidades mais antigas que se assentaram naquela região antes mesmo dos troianos, Heinrich errou ao defini-la como Troia.

Antes de Heinrich, outro indivíduo já escavava a região de Hisarlik, um inglês chamado Frank Calvert, que não conseguiu seguir com suas escavações.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s