Egito recupera Estela contrabandeada

Estela

Bom, essa aconteceu no final de 2015, mas tá valendo.

Uma Estela datada da Décima Nona Dinastia Faraônica (também conhecida como Dinastia Ramessída) foi retirada do Egito durante uma excavação ilegal e enviada até Londres, segundo Ministério de Relações Exteriores e o Ministério de Antiguidades. Ainda, Mamdul Al Damati (Ministério de Antiguidades) anunciou que a peça será enviada ao Museu do Egito (Cairo).

Aliás, o Museu do Egito estuda a possibilidade de usar essa Estela e outras peças arqueológicas na mesma situação (recuperadas de contrabando) para uma exposição, possivelmente em Janeiro/16… e se levarmos em consideração a segurança dos sítios arqueológicos, será uma Exposição bem grande.

Roubos de artefatos arqueológicos sempre ocorreram e eu não estou falando daqueles ladrões de túmulos para os quais eram projetadas armadilhas e destinadas maldições faraônicas que permeiam o imaginário popular até hoje. Lembra que já falamos aqui sobre o roubo de mosaicos da Odisseia e dos sarcófagos egipcios pegos na alfândega de Laredo (Texas)?!

Poisé.

Estela01

Voltando ao assunto, a Décima Nona Dinastia ocorreu durante o chamado Império Novo (que vai da Décima Oitava até a Vigésima). Se, de repente, você se interessar, ta aqui um site com a cronologia das dinastias egipcias de forma simples. Finalizando, a Estela mede 43 por 67 centímetros e tem uma decoração bastante rica, com Seti I (pai de Ramsés II) ao lado de deuses do panteão egipcio.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s