Mosaico de padrões “africano” é encontrado em Israel

Mosaicos são muito legais, não apenas por serem uma arte visual bastante agradável, mas também são uma mão na roda aos Arqueólogos. Por isso, exigem bastante perícia e habilidade, ou pelo menos assim deveria ser.

Sério.  Selecione um profissional com experiência e meio átomo de um cérebro saudável e você pode evitar que uma restauração malsucedida vire piada na net….

… Agora eu lembrei da Cecília Gimenez e o caso do Ecce Homo. Enfim, como já deu pra notar, hoje falaremos de Mosaicos.

Um dos mosaicos mais famosos é o Mosaico de Lod, encontrado na cidade bíblica de Lida (ou Lod, tanto faz), localizada em Israel (sudoeste de Tel-Aviv).

MosaicoLodAfrica
Visão geral do mosaico em Tel-Aviv

Arqueólogos descobriram, na mesma localidade (que rende bastantes achados desse tipo), um mosaico de igual importância ao Mosaico de Lod, contudo, este ultimo achado é considerado “melhor”, pois é maior e mais colorido. Estima-se que este tesouro arqueológico tenha, pelo menos, 1.700 anos.

A DESCOBERTA
Segundo Haguit Torge (do Israel Antiquities Authority), a descoberta ocorreu durante a construção de uma rodovia na região. Ainda, Torge acredita que ali deveria ser o Pátio Central do que, hipoteticamente, seria um “casarão” de alguma família rica do final do Séc. II até o início do Séc. IV.

Há evidências de que esse Pátio Central era cercado de colunatas e essa área poderia ser uma área de convivência, tipo uma sala de estar para receber amigos ou aquele chato que só aparece na hora das refeições.

Aprendam, não importa a época ou o lugar, algumas coisas nunca mudam.

MosaicoLodAfrica (1)
Trabalho de limpeza do achado arqueológico

A CARA DA RIQUEZA…
Há alguns pontos que devem ser levados em consideração para que a hipótese de Torge faça algum sentido como o tamanho do mosaico (11×13 metros), também podemos ver referências de riqueza em alguns dos desenhos como o chafariz (ou anfora) cheio de vinho onde há dois pássaros, um claro sinal de prosperidade e hospitalidade.

MosaicoLodAfrica (2)
Chafariz (ou anfora) com vinho e pássaros ao redor, um claro sinal de hospitalidade e prosperidade do Anfitrião dessa residência

Claro, também foram achadas mesas de mármore, cerâmicas, moedas e outros objetos que só alguém com muita grana poderia ter. O que me faz pensar que a mania de Ostentação não é de hoje.

CRISTÃOS?!
Conforme já mencionado antes, Lida é mencionada na Bíblia e também tem suas referências fora dela. Sua história com os romanos inicia no ano 200 d.C. chamada de Colônia Lúcia Septímia Severa Dióspolis, quando fundada pelo Imperador Sétimo Severo.

Roma, indiscutivelmente, foi o maior divulgador do Cristianismo e no tempo de Sétimo Severo, o Cristianismo se espalhava. Contudo, apesar da dedução de que os proprietários eram ricos, com base nos desenhos, é complicado tentar definir se eram, ou não, Cristãos.

Segundo Torge, não há simbolos religiosos ou qualquer outra referência direta ao Cristianismo (nem os animais desenhados lá são mencionados na Bíblia), também não tem como dizer se eram Judeus ou mesmo Pagãos, o que não diminui a beleza do mosaico.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s