Descoberta – Família descobre tesouro arqueológico durante reforma no banheiro

Imagine, você, fazendo uma obra no banheiro…

…não, não esse tipo de obra, falo de outra obra, uma reforma na estrutura do cômodo.

Enfim, você está fazendo reparos no seu banheiro quando… OH pelas barbas de Gandalf, você dá de cara com uma caralhada de artefatos arqueológicos em ótimo estado de conservação, na verdade, um número suficiente de coisas para abrir seu próprio Museu. É uma sorte dos diabos, com efeito.

Isso aconteceu com Andrea Faggiano.

Museu Faggiano02
Visão interna do Museu Faggiano

Andrea Faggiano é um dos proprietários do Museu Faggiano, uma exposição permanente dos achados em sua residência durante uma reforma no banheiro para conter a umidade, no ano 2000. Ele (Andrea) e sua família inteira começaram a juntar objetos assim que a reforma no banheiro começou e, segundo Andrea, mais de cinco mil objetos de cerâmica da época pré romana foram encontrados.

Não demorou muito para a família se concentrar na caça ao tesouro e logo a reforma deixou de ter importância. Na verdade, A CASA foi transformada num museu.

Sensatos, no mínimo.

Museu Faggiano01
Andreas Faggiano e esculturas encontradas durante a reforma no banheiro de sua casa

Segundo funcionários do Museu, as peças pertencem a um período beeeeem mais abrangente, vão desde os messápios até os romanos, passando pelos medievais e bizantinos.

A família Faggiano teve alguns desentendimentos com a Prefeitura. Claro que algo dessa magnitude tem muito valor, tanto no que diz respeito ao Turismo quanto no lado arqueológico e todo mundo quer sua fatia do bolo.

Na verdade, a Prefeitura chegou a intervir nas escavações da Família Faggiano, que ficaram suspensas por cerca de um ano,alegando que seria enviado alguém “qualificado”. No ano de 2008, o Museu Faggiano foi inaugurado, depois de um acordo entre Prefeitura e a família.

Caso você não tenha muita grana para ir até a Itália e ver as maravilhas arqueológicas do lugar, visite o site e faça um Tour 3D.

A residência dessa família italiana, segundo os vestígios já catalogados, foi erguida sobre terreno dos Messápios, cuja origem é bastante controversa. A teoria mais aceita é de que descendem dos Ilírios tendo chegado através do canal de Otranto cerca de 1000 a.C.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s