Descoberta – Tumulo de rainha desconhecida é encontrafo no Egito

feliz2015

Antes de qualquer coisa, Feliz 2015 para você, Oh Leitor, razão de existir deste Espaço Virtual com sérias crises existenciais. Sendo esta nossa primeira postagem do ano, dedico nosso esforço intelectual aos leitores deste blog.

Pronto, já gastei minha cota de Homem Educado de 2015. Agora vamos ao post de hoje.

A descoberta de uma nova rainha, ainda totalmente desconhecida dos registros históricos da V Dinastia abre grande campo de trabalho para pesquisas e, claro, também deixa muitas dúvidas. É muito bom saber que ainda há coisas para descobrir sobre o Egito Antigo e se você é um Amantes da Arqueologia e da Egiptologia como eu, você não está apenas está ficando careca mais depressa do que deveria, mas também está extremamente excitado com a notícia.

Sim, é a mistura do Brasil com o Egito.

A DESCOBERTA
O Instituto Tcheco de Egiptologia enviou uma equipe até a área de Abusir (uma extensa necrópole a sudoeste do Cairo datada do Antigo Império) liderada por Miroslav Barta quando ocorreu a descoberta. A tumba dataria da metade da V dinastia (2494-2345 a.C).

De acordo com Mamduh al Damaty (Ministro de Antiguidades egípcias), Khentkaus III seria esposa de um Faraó da V Dinastia há cerca de 4.500 anos. Possivelmente o Faraó Neferefré.

O arqueólogo Miroslav Barta.
O arqueólogo Miroslav Barta.

Além de inscrições nas paredes, também foram encontrados 24 ferramentas de pedra calcário e outros quatro de cobre.

O QUE AINDA TEM PARA DESCOBRIR?
A Primeira coisa que você deve saber e que já foi dito acima é que ainda há uma caralhada de coisas para descobrir na terra das Pirâmides e eu não estou falando apenas em cerâmicas, ferramentas ou uma correta tradução de um documento, mas falo de personagens que complementam a História do Egito como a conhecemos e sua inclusão faz toda a diferença.

Os utensílios variados encontrados, cerca de 30
Os utensílios variados encontrados, cerca de 30

Lembrem da descoberta do faraó Senebkay, da cantora de Amon, Ruínas Greco-romanas debaixo do Nilo, entre tantas outras descobertas feitas na região. Enfim, trabalho não falta.

Posted from WordPress for Android

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Claudia Tenório disse:

    E Nefertiti? Nada?

    Curtido por 1 pessoa

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s