No Ceará é Assim – Até 100 árvores devem ser retiradas da Bezerra de Menezes

Já comentamos sobre os problemas ocasionados pelo ócio criativo da atual gestão, no que diz respeito ao interesse na implantação do BRT (Bus Rapit Transit) e na eliminação de um dos nosso pontos mais belos da cidade de Fortaleza, além de representar aliança interessante com nossos irmãos lusitanos: A Praça Portugal.

Como já foi debatido anteriormente, a Prefeitura de Fortaleza (atualmente Roberto Cláudio – PROS) pretende, com essas intervenções impactantes (pra dizer o mínimo), não apenas aliviar o lento transitar de veículos na nossa cidade, mas garante que, depois de transtornos perfeitamente suportáveis, o fluxo de carros, ônibus e afins terá grande melhora.

Mas essa melhora será cara para a cara da cidade: A Praça Portugal terá que esticar as canelas, além da retiradas das árvores.

Lembrando que a cidade de Fortaleza já teve dor de cabeça por causa da remoção de árvores, no Parque do Cocó.

No dia 16/05, a Prefeitura iniciou o processo de remoção das árvores dos canteiros centrais na Avenida Bezerra de Menezes, as árvores nos canteiros das outras avenidas (Dom Luiz e Santos Dumont) já ocorreram. Foi preciso uma Licença Ambiental para remoção das árvores (cerca de 202 árvores)e iniciar a implantação dessa nova via de transporte.

Eu transitei pela região (Avenida Santos Dumont) e constatei o transtorno que é, para um pedestre, transitar pelo local. Além de estar tudo feio, bagunçado e até oferece perigo para veículos, que podem enfiar o pneu do carro em algum buraco na pista, os pedestres não tem o canteiro central que facilita a passagem para a rua da frente.

A empresa que está cuidando da retirada das árvores em Fortaleza é a Empresa Municipal de Limpeza e Urbanização (EMLURB) que já protestou em manifestação, por reivindicar melhores condições de trabalho, fardamento e até material de trabalho.

 


Como os caras vão arrancar as árvores, o canteiro central e o “meio fio” das ruas?!

No dente?!

E A PRAÇA PORTUGAL?
A Prefeitura já trabalha com a aprovação do projeto de readequação da praça. Segundo o coordenador da PAITT (Plano de Ação Imediata de Transito e Transporte), Luiz Alberto Sabóia, depois que o plano passar pelo Legislativo, até 31 de maio, as primeiras intervenções na praça devem ser feitas para abertura do cruzamento.

O referido coordenador informou, ainda, que já recebeu muitas sugestões sobre como proceder com a melhoria do fluxo dos veículos na cidade, sem interferir tão drasticamente no visual da Praça Portugal.

Atualmente, o Ministério Público do Ceará recomenda o tombamento da Praça Portugal, diante de uma demolição que se mostra tão próxima, na intenção de preservar a referida praça que está no caminho do PAITT.

Conforme o texto da recomendação (o artigo 225 e seguintes da Constituição Federal de 1988), prevê a todos o direito ao meio ambiente ecologicamente sadio e equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo ao Poder Público e à coletividade.

E as manifestações estão perdendo o ritmo…

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s