No Japão, homem se veste de herói para ajudar passageiros do metrô

Todo Homem que se preza, nem que seja uma vez na vida, quis ser um super herói daqueles com colantes coloridos e salvar o mundo.

Super Sentai, eles chamam assim lá no Japão.

Salvar a humanidade das garras maléficas das Insanas Mentes Diabólicas de Criaturas que hostilizam nossa existência simplesmente por birra. Ser uma Força invencível que nunca desampara ninguém, um admirável Guerreiro que sabe o momento de ser hercúleo e paráclito. Sem falar nos Veículos, sejam os usados enquanto Herói se mistura entre a massa da sociedade, sejam os Gigantes que viram robôs da hora.

Tadahiro Kanemasu tem a difícil missão de ajudar os japoneses.
Tadahiro Kanemasu tem a difícil missão de ajudar os japoneses.

Bom, seja como for, eu sempre imaginei que esse tipo de Herói só existia em produções orientais de orçamento questionável. Contudo, o Japão mostra que não é preciso muito para dar o pontapé inicial para uma visão REAL de super heróis.

Existem Heróis da vida real?!

Tadahiro Kanemasu que o diga.

Ele é o primeiro (de muitos, eu espero) a deixar de lado a vergonha e o orgulho nipônico e estender a mão para seus compatriotas que precisam de ajuda.

A questão é que nosso herói sabe dos perigos e das necessidades do cotidiano. No metrô de Tókio, por exemplo, precisam descer escadas com pacotes pesadas (mães com carrinhos de bebê, pessoas de idade avançada) passam dificuldades e é por isso que ele adotou o posto de Herói. Ele carrega os pacotes ou o carrinho de bebê escadaria abaixo, evitando que os passageiros se desgastem ou sofram acidentes.

Dizem que em momentos de emergência, surge um herói, mesmo que seja em meio período.

Deixando a Vergonha de lado…

Entenda que os japoneses não curtem muito pedir ajuda e independente da situação que eles estejam enfrentando, estão sempre dispostos a vencer seus obstáculos. Mostrar fraqueza é algo inconcebível por lá. Aquela história que eu falei antes na postagem sobre o Seppuku.

“Os japoneses dificilmente aceitam ajuda, elas se sentem forçadas por outras pessoas. Então a máscara me ajuda a ser aceito”, Segundo Kanemasu.

O seu “Quartel General” é um típico ponto comercial, onde outrora eram vendidos legumes e verduras (acho que é por isso que ele escolheu a fantasia da cor verde que custou cerca de 4.000 ienes).

O sucesso com os pequenos nipônicos é garantido.
O sucesso com os pequenos nipônicos é garantido.

Mesmo sendo portador das melhores intensões que um benfeitor da justiça possa carregar, ainda assim, nosso herói errante sofre bullying por parte daqueles que pretende ajudar. Mesmo desistindo de sua vida normal de japonês genérico em um país (ilha) do tamanho de São Paulo, Kanemasu comenta que muitos correm dele ou o chamam de louco.

A resistência dos japoneses ao herói Kanemasu já foi prevista por Morpheus
A resistência dos japoneses ao herói Kanemasu já foi prevista por Morpheus no primeiro filme da trilogia Matrix

A maioria das estações de metrô no Japão não possuem elevador e a iluminação das escadas também é uma tragédia, sendo assim, Tadahiro Kanemasu segue desempenhando seu trabalho com afinco e sem se importar com comentários pejorativos.

Seja como for a reação das pessoas adultas, nosso destemido nipônico faz o maior sucesso com a molecada. Muitos param para tirar fotos ou mesmo fazer amizades. A ideia de formar um grupo Super Sentai e defender os japoneses de metrôs sem acesso facilitado persiste. Eu vi uma reportagem onde Tadahiro recebe outros uniformes (de outras cores, claro) para fortificar a frente de batalha da justiça.

Só faltou quem topasse. E você?! Ta sem trabalhar e quer um emprego de meio período?!

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s