Propaganda polêmica da Mercedes-Benz e sua antiga relação com Hitler

Eu adoro expressões populares. Acredito que é o mais próximo que temos dos ensinamentos filosóficos ao estilo grego, onde o povão aprendia, de graça, valores interessantes para nortear a vida de qualquer criatura pensante.

Um dos meus favoritos é O TEU passado TE condena.

Com efeito, não dá pra manter a sujeira debaixo do tapete por muito tempo e, mais cedo ou mais tarde, alguém vai acabar topando no montinho de lixo oportunamente ocultado por você debaixo daquele ornamento ricamente decorado, localizado no meio da sua sala de estar. E as chances de aquele que descobrir suas  bandidagens pretéritas ser alguém importante para você são proporcionais ao nível de obscuridade daquilo que se quer esconder.

Os adeptos dessa prática foram menos favorecidos pela tecnologia, que estreita os laços entre pessoas que você conheceu no passado e conhece atualmente, facilita o acesso a tecnologias como câmeras de filmar/fotogradar, telefones celulares com crédito ilimitado pra falar com a amiga, a mãe e o caralho, sem falar em mídias sociais que registram você no flagrante.

Certo, mas o que xavascas isso tem a ver com o tal comercial da Mercedes?!

A MAIOR ZUADA POR CONTA DE UMA PROPAGANDA
Apesar de adotar uma posição, no mínimo, confortável (ui!), o comercial exibido no topo desta postagem exibe o modelo C-CLASS da Mercedes Benz com “detector de perigo” e, como demonstrado na propaganda, sinaliza no display um perigo em potencial e recomenda a frenagem. A menos que você seja Adolph Hitler, ai o carro passa por cima mesmo.

Excetuando pelo fato de que a propaganda exibe, muito rapidamente, a imagem do Führer quando o diachu do garoto entra em cena (indicando que ele é Hitler), a posição do garoto morto no chão também deixa claro que se trata do líder nazista. Sua posição lembra a suástica.

Os idealizadores, Lydia Lohse, Jan Mettler and Gun Aydemir, foram reprimidos pela própria Mercedes e foram intimados a apontar, de forma NOTÓRIA, que o vídeo não tem qualquer relação com a montadora.

Na verdade, a Alemanha Nazista é um tabu na trajetória da Mercedes.

Ué, como assim?!

A MERCEDES-BENZ E O FUHRER
Como falei antes, o teu passado te condena. Portanto, não vai adiantar muito você correr, pois o passado tem um bom faro e ele vai te achar.

A Mercedes ficou toda mordida por ter sua imagem associada ao líder do partido nazista, porém, o que muita gente não sabe é que os carros que Hitler usava em suas aparições ao público eram da Mercedes.

Caraaaaaaaaaaaaaaaalho!

E isso não é tudo, a referida montadora não apenas fornecia seus modelos, mas desenhou um carango todo especial para Hitler. Muito provavelmente você já o viu, mas não sabe o nome, portanto, conheça os famosos “Mercedes de 06 rodas”, um xodó do fuher.

Um deles era o Mercedes-Benz 770, conhecido como Großer Mercedes (grande Mercedes) é um veículo com 03 eixos e seis rodas, usados normalmente para os momentos em que Hitler ia ao público, bem ao estilo limousine. O Mercedes 520G4W31, modelo fabricado pela Daimler-Benz, uma fabricante alemã fundada em 1926 e que precedeu a atual Mercedes-Benz.

Mercedes 520G4W31
O Mercedes 520G4W31 era feito sob encomenda e foram fabricados menos de dez. O modelo dado ao General Franco (ditador espanhol) pelo próprio Fuhrer ainda existe.

Estes automóveis foram criados e, ao que tudo indica, montados para atender o mais alto escalão nazista (tipo  Adolf Hitler e Hermann Göring), visto que sua fabricação cessou com o final da Segunda Grande Guerra Mundial. Poucos modelos (menos de dez) foram fabricados e menos ainda são os modelos que ainda perduram daquela época para cá. Sabe-se que, um deles, encontra-se no Museu da Guerra, no Canadá.

Uma boa postagem sobre o assunto (melhor do que esta) você confere no blog Vladimir Explica.

Finalizando, acredito que a Mercedes não tem muito o que reclamar sobre o assunto. Claro, ter a imagem de sua empresa associada a um dos ditadores assassinos mais malditos de nossa história é o suficiente para, no mínimo, queimar o teu filme. Porém, também deveria ser do conhecimento de todos que a empresa que montou o teu carro já trabalhou para esse ditador em pessoa.

O passado cobra… e caro.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s