Pesquisadores querem recriar vinho semelhante ao cultivado na época dos romanos

Essa é para os beberrões de plantão!

Uma equipe de estudiosos da Universidade da Catania (Sicília) resolveram seguir todas as orientações diretas do livro Georgics, na intenção de recriar um vinho com qualidade aproximada da qualidade encontrada nas bebidas dos romanos. O referido livro, Georgics (Fazenda) foi escrito pelo poeta Virgílio, provavelmente no ano 29 a.C.

Virgílio também escreveu a Eneida e as aventuras de Enéias depois da guerra de Troia.

Mário Indelicato

Na verdade, a equipe liderada pelo Sr. Mário Indelicalto está levando as considerações do livro a um nível tão extremo que qualquer coisa atual será encontrada nos terrenos de cultivo. Agrotóxicos, pesticidas, máquinas pesadas, nem mesmo fertilizantes industrializados farão parte do trabalho.

“Não estamos usando agentes fermentadores, mas acreditando nas leveduras naturais, o que faz com que isso possa ser chamado de arqueologia experimental”

Ainda, de acordo com o gerente do projeto, “Descobrimos que as técnicas romanas eram mais ou menos usadas na Sicília até poucas décadas atrás. Isso mostra o quão avançados os romanos eram”.

As primeiras vinhas foram plantadas este ano (2013). A equipe de historiadores plantou oito variedades locais, incluindo Nerello Mascalese, Visparola, Racinedda e Muscatedda. Na Antiguidade, Lucius Columella (maior autoridade em agronomia do império romano) já se referia a cerca de 50 tipos de uva, apesar de suas equivalentes hoje não serem todas conhecidas.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s