Cecília Gímenez vende sua própria pintura no eBay

Ecce Homo

Esses dias fiquei curioso com relação a um evento ocorrido no final do ano passado e tomou proporções cavalares, agigantou-se mais nas redes sociais e sumiu com a mesma velocidade e potência que iniciou. A restauração do Ecce Homo por Cecília Gímenez.

O caso marcou época e acho muito difícil de você não lembrar, principalmente pelas paródias feitas por internautas do mundo inteiro. Depois do incidente que quase matou a senhora de 81 anos, levou até Saragoça (Espanha) uma cacetada de turistas e curiosos na intenção de ver o Ecce Homo judiado que sacudiu as redes sociais de forma singular.

Veja neste site uma foto do tumulto que virou a missa celebrada no local após o “incidente”.

Cecília
A octogenária que “restaurou” o Ecce Homo, agora apresenta suas próprias pinturas

RECAPITULANDO…
O quadro original, pintado por Elias Garcia Martinez, foi cedido para a singela igreja Santuário da Misericórdia em Borja (Saragoça – Espanha) pela neta do referido pintor (Tereza Garcia). Trata-se de uma pintura do Séc XIX e apresenta um Jesus sofrido após uma sessão de chibatadas e a coroa de espinhos.

Reza a lenda que, no início, Elias Garcia não conseguiu apelo popular expressivo com o Ecce Homo, fato que levou a neta dele a presentear a igreja.

O tempo passou e os desgastes na pintura iniciaram e é aí que entra nossa “Heroína”. Cecília Gímenez, frequentadora da referida igreja, se ofereceu para reparar a pintura, tudo com autorização do Padre.

Da mesma forma que Pedro negou Jesus, o Padre nega só tudo, diz que só autorizou o retoque na pintura da túnica. Seja como for, o fato é que a Obra está arruinada para todo o sempre, amém. O ocorrido foi parar na Internet e ai já viu, né?! Até uma maldita petição para manter o quadro como está foi instituída.

O tempo passou e nada mais foi informado.

Por onde anda Cecília Gímenez?!

O PARADEIRO
Pelo que pude apurar, a protagonista da pior restauração de artes de todos os tempos ainda brigou na justiça para deter direitos sobre a “nova versão” da pintura de Elias Garcia. A coisa não vingou e ela sumiu de cena. Recentemente soube que ela acabou pegando gosto no ramo das artes plásticas.

Ainda bem que não virou restauradora de pinturas, mas resolveu virar artista plástica, produzindo suas próprias pinturas.

Las bodegas de Borja

O quadro Las Bodegas de Borja, de autoria da própria Cecília Gímenez, foi inscrito no site de compras Ebay a net e ela (Cecília) garantiu que remeterá toda a verba arrecadada para a caridade.

A pintura não está mais disponível no popular site de compras já mencionado, até onde sei, os lances de compra (inciados em dezembro/12) já passavam dos mil euros e mais de trinta pessoas haviam se manifestado na intenção de adquirir o quadro.

UAU! É quase o mesmo número de leitores deste blog.

Sejamos honestos, apesar de toda a situação constrangedora gerada pela gafe dessa senhora, o quadro que ela pintou é deveras interessante e sua “fama” pavimentada numa surreal demonstração de apreço popular pela vergonha alheia serviu para arrecadar fundos para a igreja.

Há males que vem pra cagar o pau… mas tem outros que vem para o bem.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s