Mês da Mulherada – Alcione (do romance espírita Renúncia)

Mais um ano vai, mais um ano vem e tão certo feito o sol que nos ilumina, é nossa sincera homenagem ao sexo feminino.  Apesar de nossa Pátria Fálica dedica apenas um Dia, não teríamos nem isso se Elas não tivessem nos dedicado (ou perdido) um tempinho aos Homens.

Eu sei, somos egoístas e ocupados demais coçando o saco.

Iniciando mais uma série desta que já é uma tradição neste pequeno Espaço Virtual viril e cabeludo, nossa primeira homenageada de 2013 é uma mulher espiritualizada e que deixou sentimentos físicos potentes e confusos (como o Amor ao seu Eterno Eleito) para instruir todos ao seu redor no caminho de Deus.

Muito temos a aprender com ela.

Diretamente da Literatura Espírita, conheçam Alcione.

SENTA QUE LÁ VEM A HISTÓRIA…
Aqui vale uma pequena colocação (ui!): Há quem creia que os mortos já não podem se comunicar, pois… estão mortos, lógico! Porém, esta Doutrina afirma que eles (os mortos) estão em contato perpétuo conosco e há toda uma disciplina para alcançá-los.

Na Bíblia, existem trechos de proibições de comunicação com os Mortos, pois seria coisa do capeta. Acredito que essa proibição iniciou com o destemido rei Saul (unificador de Israel).

Durante o reinado de Saul, o Profeta Samuel morreu sem conseguir avisar que Deus deixaria Israel ao pastor Davi… o que foi bem conveniente para Saul, que proibiu as comunicações com o lado de Lá da Praça, tentando varrer a sujeira pra debaixo do tapete.

Isso não é algo passado em Reuniões Espíritas, isso é história e está na Bíblia Sagrada. Mas vamos ao que interessa.

UM POUCO DE ESPIRITISMO, PARA VARIAR
Para quem não sabe, o Espiritismo iniciou em 1857 e muitos entendem por religião, porém, os próprios Espíritas não costumam se identificar assim, mas, estudiosos deste ensinamento, decodificado por Allan Kardec. Sem Igrejas, Cultos, Missas, Rezas pré-fabricadas… Espiritas se orientam nos Ensinamentos deixados por Espíritos Superiores chamadas Obras Básicas.

Isso não significa que, pro Espírita, ler a Bíblia arranca pedaço. Contudo, o diferencial dessa Doutrina é a comunicação com Mortos: Seja pela leitura das tais Obras, seja pela no fato de trocar uma ideia com a alma do Morto.

Desencarnados, eles chamam.

Livros Espíritas são de temas variados: Amor, intrigas, devoção, relatos de campanhas militares bem (ou não) sucedidas, abortos, enfim, toda a essência humana é testemunhada e descrita por Espíritos Superiores aos Médiuns.

Alcione, nossa homenageada, é retratada em uma coletânea de romances Espíritas de Emmanuel, um espírito de extrema envergadura que auxiliava Chico Xavier…

…Talvez ainda auxilie, sei lá!

A HISTÓRIA
Capa RenúnciaO livro Renúncia (coleção de escritos de autoria de Emmanuel) é descreve um lugar não muito convidativo e aparentemente inóspito. Alguns espíritos que desencarnaram, confabulavam sobre novas possibilidades de retorno ao Orbe Terrestre para corrigirem suas falhas.

Entre eles está Pólux, o amado de Alcione, que é descrito como um espírito incrivelmente evoluído.

Este é outro chamariz do espiritismo: Reencarnação. Todos precisam voltar e aprender mais para evoluir. Não dá para fazer, aprender, reparar e conquistar tudo em uma única vida. A reencarnação é apontada como estatuto de benevolência divina.

Nossa heroína de hoje tem uma noção de entendimento impressionante sobre as coisas do Universo, tanto que nem precisa reencarnar novamente. Na verdade, encontramos Alcione trabalhando em sistema de Sírios (primeira estrela na constelação de Cão Maior) e tem por chefia imediata Antênio, outro Espírito de Luz (jargão espírita) e lá desempenham trabalhos juntos, seguindo ordens de…. Jesus Cristo.

Você deve estar se perguntando o que Jesus está fazendo com seres que viajam pelo espaço. Outro dia eu explico, pois é uma história longa.

Seja como for, Alcione resolve abandonar seus trabalhos edificantes em Sirius (a descrição do planeta é algo parecida com o planeta Namek do anime Dragon Ball Z) para regressar ao planeta Terra e ajudar o seu eleito do coração: Polux.

Este sempre regressa ao orbe terrestre para expiar seus pecados, porém, ao invés de diminuir dívidas, mete os pés pelas mãos enquanto encarnado, escolhe pesadas missões e acumula mais bagagem pecaminosa. Nossa heroína acredita que pode intervir de forma mais eficiente reencarnando com Pólux, apesar de ter crédito suficiente para ajudá-lo lá do mundo espiritual. A questão é que Alcione é totalmente apaixonada por Pólux, e é totalmente correspondida.

Sim, tirando eu, os Homens verdadeiramente apaixonados só existem em outros mundos. Acostume-se.

Eles se encontrarão no mesmo cenário, porém, render-se aos seus sentimentos está fora de questão, por conta das grandes obras que Pólux  terá de desempenhar. Pólux reencarnará como Carlos Clenaghan, homem voltado para a batina.

Além disso, Alcione pretende ajudar familiares que também aguardam duras provas para travar na Terra. Diante deste abnegado trabalho de amor ao próximo, Antênio (Chefia imediata de Alcione,)resolve liberar o Registro de Ponto desta grande mulher, entendendo que ela deseja o melhor para todos.

Os eventos dessa narrativa ocorrem em París, ali pelo Séc. XVII no reinado de Luiz XVI, e nossa heroína é identificada como a bela e encantadora Alcione Vilamil, filha de Magdalena Vilamil e Cirilo (o sobrenome do cara eu não me lembro).  A família de Alcione acaba obrigada a mudar de residência por diversos motivos como doenças ou falta de dinheiro, muitas dificuldades esbarram na vida da bela jovem voltada aos ensinamentos do Alto. Tem ainda a renúncia do amor que é uma constante na narrativa, o desapego aos bens materiais, a tristeza da partida dos amigos que tanto ajudaram ou daqueles que morreram sem mudar seus pensamentos.

Outro tema bem discutido nesta história é a postura da Igreja na época, Carlos Clenaghan é um padre, além de outros padres que surgem no decorrer da narrativa com personalidade problemática e até promíscua, Alcione tem que botar ordem na casa e dar uma lição de moral em todos, e ainda não falei do movimento dos inquisidores, enfim, não vou contar a história, vale a pena ler.

Será que Carlos Clenaghan conseguira finalmente manter-se forte em seus objetivos ou vai roer a corda de novo? E Alcíone? O que será feito dela? Acabarão juntos?!

Leia o livro Renúncia. Depois volte aqui para comentar.

Anúncios

5 comentários Adicione o seu

  1. Elias Di Domenico disse:

    Excelente escolha e muito boa apresentação.
    Parabéns!

    Estou lendo este romance agora… seguindo a ordem cronológica das obras de Emmanuel.

    Seguindo a lógica do blog: HISTÓRIA, MITOLOGIA, SOCIOLOGIA, ARQUEOLOGIA, FILOSOFIA E PATIFARIAS, minha dica é “Há dois mil anos” e “50 anos depois”.

    Um abraço,

    Elias.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Já li, Ha 2.000 anos, cinquenta anos depois, Paulo e Estevão, falta Renúcia e gostaria de saber se ainda tem uma sequencia,. Adorei esses que citei

    Curtido por 1 pessoa

    1. Elias Di Domenico disse:

      Olá! Seria “Ave Cristo”, de Chico Xavier pelo espírito de Emmanuel.
      Mais livros do Emmanuel:
      http://obraespirita.blogspot.com.br/2011/01/colecao-emmanuel-livros-de-emmanuel.html
      Série do André Luiz:
      http://www.institutoandreluiz.org/nossolar.html

      Lista de livros do Chico:
      http://www.institutoandreluiz.org/chicoxavier_rel_livros.html

      Um abraço.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Carlos Bazuca disse:

        Temos um incansável leitor da literatura espírita… As oportunas linhas de Emmanuel em suas contribuições para o nosso aprimoramento são maravilhosas e todos tem qualquer coisa para aprender com elas.

        Inclusive muito Espírita que se esconde atrás destes livros e apronta por ai. Isso não vem ao caso, mas sou um cretino que não segura o dedo quando vejo alguém ostentar defeitos… Falando em defeitos, já me viram atuando como Estevão?!
        http://gregaeudaimonia.wordpress.com/2013/07/25/arte-espirita-num-encontro-especial-em-homenagem-a-obra-paulo-e-estevao/

        Obrigado pela colaboração Elias, por favor, continue colaborando!

        Curtir

  3. psicológrafo disse:

    Gostei de você! Escreve bem e não é burro! Vou voltar aqui. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s