Bombardeios e acidentes de trânsito – Tragédias no Egito

Para quem não sabe, este blog se concentra bastante em informar coisas sobre o Egito, mais precisamente sobre o Egito Antigo (templos, batalhas épicas, faraós e etc…), porém, muitas vezes eu acabo versando sobre os eventos ocorridos em nossa época, com a intenção de deixar o povão bem informado dos acontecimentos das bandas de lá.

A situação não anda muito boa.

Entre tragédias por conta das disputas políticas e ideológicas que já fazem parte da rotina do povo que adotou as terras faraônicas como lar, também temos que verificar os acidentes de trânsito ou dos entraves políticos. Recentemente dois eventos tomaram conta do noticiário internacional.

ACIDENTE COM ÔNIBUS MATA MAIS DE QUARENTA CRIANÇAS NO EGITO
Sim, a notícia é impactante mesmo, sem qualquer interesse em chamar a atenção. O acidente foi feio, porém, tudo indica que esse tipo de coisa ocorre com mais frequência do que parece. Um ônibus que fazia uma excursão, transportando cerca de sessenta crianças colidiu com um trem próximo de Manfalot (400 km da cidade do Cairo). Treze crianças ficaram feridas, além da morte do motorista e dos dois adultos responsáveis pelas crianças durante a excursão.

O Ministro dos Transportes do Egito, o Sr. Mohammed Rashad al-Metini pediu demissão, apontando que teve culpa política no evento. De acordo com as fontes internacionais, o Presidente do Egito (Sr. Mohammede Mursi) exigiu dos Ministros da Saúde e da Defesa apoio total aos familiares.

BOMBARDEIOS NA FAIXA DE GAZA
Atritos entre Israel e os Árabes Palestinos nunca será uma novidade, porém, esses dias ocorreram os piores conflitos que a mídia já noticiou. Com direito a vídeos dignos de um filme de guerra, os grupos opositores entraram em um combate total, independente dos apelos internacionais.

Se bem que o Barack Osama ta cagando o pau, dando corda pra Israel “se defender” ao invés de mediar adequadamente para um cessar fogo.

Para piorar o que já era ruim, os grupos Hamas e Fatah, resolveram botar suas diferenças de lado e agir em conjunto, caso se faça necessário. Lembrando que o Hamas (fundamentalista islâmico) e o Fatah (centro-esquerdo nacionalista) não são grupos terroristas, pelo menos não apenas isso. Trata-se de organizações políticas e militares. Entendendo isto, vale ressaltar que toda essa tensão iniciou por conta de uma investida militar israelense que matou o chefe da vertente militar do Hamas na Faixa de Gaza, Ahmed Jabari.

Seja como for, a pancadaria por lá rola solta por lá desde antes do feriadão aqui do Brasil (dia 14/11/2012) e desde então, mais de 114 pessoas morreram e mais de 900 feridos, inclusive, moradores da Faixa de Gaza são expulsos de suas casas pelo exército israelense. Nesta quarta (dia 21/11/2012) um ataque por terra promovido pelo exército israelense estava marcado, porém, por conta de uma tentativa de amansar os ânimos por parte da Liga Árabe que foi até o olho do furacão, ou seja, a Faixa de Gaza, o tal ataque foi adiado.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s