A situação do Egito nas Olimpíadas 2012

Como diria um amigo que trabalha comigo, a vida não está fácil para ninguém.

Acredito que não seja mais segredo para ninguém que eu realmente gostaria de ver qualquer atleta egípcio fazendo bonito nas olimpíadas, mas problemas com o material dos atletas oferecido pelo Comitê Olímpico do Egito (COE) já tomou as páginas da mídia, antes mesmo dos atletas mostrarem serviço.

A delegação egípcia foi vitima de pirataria.

A DENUNCIA
De acordo com o Sr. Mahmoud Ahmed Ali (chefe da delegação), os atletas receberam material com falsificação descarada (cara de madeira, como dizem aqui no Ceará), o chefe da delegação informa que a compra do material de originalidade bem duvidosa assim foi acordado por conta dos altos preços cobrados pela Nike e pela Adidas.

A primeira a botar a boca no trombone foi a nadadora Yomna Khallaf, atleta do nado sincronizado. O material dos atletas são de uma pirataria tão gritante que, só para você ter uma ideia, a bolsa tem a logomarca da Nike, mas o zíper é da Adidas. A moça de vinte anos informou no seu Twitter que precisou gastar US$300,00 do seu próprio bolso para garantir um material adequado.

BATE BOCA
Completamente indignado, o Sr. Mahmoud Ahmed Ali já fala em processo. A empresa Nike já se pronunciou a respeito do assunto, disse que sua distribuidora autorizada no Egito tentou entrar em contato com a delegação egípcia para tratar do assunto, porém, sem sucesso. O problema é que a Allied Trading and Consultancy (ATC – representante da Nike no Egito) aponta que tentou alertar ao COE da possibilidade da ganhadora do processo de compra oferecer produtos falsificados.

Segundo Adly El Shafei (diretor comercial da ATC), o fato do atraso no feedback sobre a aquisição dos uniformes falsificados dificulta incrivelmente a possibilidade da troca, já que a delegação está em Londres.

FUTEBOL
Não temos muito o que dizer sobre este evento, nessas horas a gente fica dividido, afinal, Brasil contra Egito nas olimpíadas… o que posso dizer?! Brasil ganhou, não deu para o Egito. Prefiro não comentar mais nada.

LEVANTAMENTO DE PESO
Também não temos muito o que dizer, a não ser que a atleta Khalil Abir Abdelrahman, que sonhava com o pódio, acabou se machucando ao tentar erguer 151 quilos. Apesar da falha, ela conseguiu obter a 5ª posição. Foi retirada do lugar sobre uma cadeira de rodas. O levantamento de peso já é tradição entre os atletas da delegação egípcia, este desfalque pode trazer descrença.

http://globoesporte.globo.com/molho-ingles/platb/2012/08/03/egipcia-sofre-acidente-no-levantamento-de-peso-e-e-atendida-pelos-medicos/

ESGRIMA
Ao que parece, a delegação egípcia não terá seu coração pesado, medido e considerado insuficiente aos olhos de Osíris e arremessado ao esquecimento. Acredito que eu esteja cometendo uma desmedida, mas eu queria criar uma postagem apenas para este evento, pois é algo completamente inédito para a delegação egípcia.O Egito alcançará o pódio e a glória, se depender do esgrimista Alaaeldin Abouelkassem.

O jovem esgrimista de 21 anos perdeu para o chinês Sheng Lei em uma disputa apertada, garantindo a medalha de prata. Tal fato também garantiu a presença do atleta na modalidade Florete por Equipe contra a Grã-Bretanha.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s