Carnaval – Hamlet 2012 no Rio de Janeiro

O Carnaval é o feriado mais esperado do nosso país, tanto que o Brasil é conhecido exatamente por causa dos desfiles e das morenas sambando em diminutas vestes reveladoras. Entendam que o charme do carnaval não encontra-se tão apenas na facilidade do coito, na bebedeira sem limites ou nas inúmeras fotos que irão encher seu album no Facebook. São quatro dias afastado de suas obrigações, muitos estão dispostos a enfrentar uma guerra para estar em um ambiente com tantas possibilidades, na minha opinião (se alguém estiver interessado), Leônidas, quando foi informado de que o rei-deus Xerxes se aproximava para promover o terror ainda na Carnéia, achou que seria uma boa ideia trocar o feriado de quinhão esportivo/religioso para fatiar homens de outro espaço geográfico e morrer sem alcançar o objetivo de parar o exército de imortais. Lembrando que Leônidas pretendia parar Xerxes por dez dias, conseguiu apenas três.

Para um homem que foi criado para matar e morrer por seu estado, aquilo era um carnaval.

Caso você, que se debruça por estas linhas, faz o tipo que não curtem a famosa “Festa da Carne”, existem muitas opções para curtir esse tempo de folga. Por exemplo, eu passarei o carnaval em aulas para concurso.

Como este é um espaço virtual que promove a história e, de vez em quando, pula a cerca para os jardins culturais e literários, apresento uma ótima opção para quem mora no Rio de Janeiro: “Hamlet 2012” é uma adaptação do famoso texto de Shakespeare (um dos meus favoritos) promovido por uma turma de formandos da Cia. de Teatro Contemporâneo. As apresentações que iniciam as 20h no Teatro Maria Clara Machado (Planetário Gávea) ocorrem nos dias 13, 14, 15 e 16 de fevereiro. O ingresso custa R$40,00 (inteira). Comprando antecipado, o ingresso sai por R$15,00 (valor único). Mas atenção: para conseguir esse desconto, você precisa mandar um email para teatro.hamlet2012@gmail.com ou dirigir-se à Cia. de Teatro Contemporâneo (Rua Conde de Irajá, 253, Botafogo).

Não perca seu tempo pulando entre desconhecidos suados e embriagados que só estão lá para fuder ou serem fudidos. Acrescente algo de cultural na sua vida, você corre o risco de voltar mais intelectualizado e se afastar das massas viciadas, eu sei, mas é um risco que vale a pena.

Termino este artigo informando que eu só não vou, pois moro muito longe e acabei de me comprar todo o mobiliário da minha casa. Você não leu errado, eu finalmente me mudei, sai do antigo cativeiro em que me encontrava e agora vivo bem. Adoro adaptações e novas leituras de antigas propostas engrandecedoras, mas, qualquer coisa, comentem sua impressão sobre o espetáculo.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s