Um delírio sobre o Santo Súbito!

Meu povo, acabei nem comentando sobre a beatificação de nosso mais querido e influente papa, João Paulo II. Sinto-me religiosamente envergonhado, mas cá estou para recuperar das catacumbas do Egito uma seção antiga, mais um delírio, hoje falaremos sobre a beatificação de João Paulo II.

Grato pela atenção e apreço.

Enfim, muitos me cutucam no ombro querendo saber o motivo que levou a igreja a liberar tal estado de graça ao pontífice anterior, para quem não sabe, o processo de beatificação demora um bocado, para ser sincero, João Paulo II foi até rápido. Engraçado comentar, pois mesmo com tudo que a igreja católica já fez em nome de Deus, a beatificação de alguém segue uma tramitação burocrática paradoxalmente conveniente.

Antes de beatificar, santificar, canonizar ou qualquer outra coisa do gênero, é necessário uma investigação bem ao estilo “pente fino”. Tudo na vida do postulante é investigado e investigado mesmo, porém, antes de mais nada, o processo inicia-se com uma iniciativa popular.

Nem mesmo seu chefe vasculharia sua vida tão bem.

Assim começou a luta pela beatificação de Karol Wojtyla, iniciada pouco tempo após sua morte. Diante da multidão que gritava freneticamente na praça São Pedro, o atual papa Bento XVI pulou todo o processo burocrático da beatificação, organizou a situação e deu partida a todo o processo.

Comentando rapidamente sobre a praça de São Pedro, ela ostenta um obelisco de 40 metros bem em seu centro e foi trazido diretamente do Egito (de onde mais?). Para quem não sabe, Roma possui cerca de 14 obeliscos e em especial, o obelisco da praça de São Pedro passou por vários homens influentes (cada um a seu tempo). Reza a lenda que a cruz cravada em seu topo possui um pedaço original da cruz onde foi crucificado o Cristo.


Karol Wojtyla (o famoso papa João Paulo II) conseguiu sua beatificação no dia 1º de maio, aqui, dia do trabalho (que ocorreu domingo, menos um feriado aproveitado por este que vos escreve). A situação tomou rumos um tanto “exóticos”, principalmente por parte dos jovens polonesês que resolveram curtir a Noite Bendita em discotecas e boates da Polônia. O ingresso vendido a preço de banana e com autorização divina, o rock rolou solto. O fato de nosso pontífice preferido tentar estreitar relações entre igreja e a molecada pode ter favorecido este pensamento “estranho” por parte dos jovens. Só Deus sabe o que levaria essa gente a fazer tal coisa, mas fizeram.

Ainda sobre a repercussão que a beatificação teve durante o feriado aqui no Brasil, a rede Bandeirantes exibiu um filme muito bom sobre a vida, obra e morte de nosso mais querido papa. O filme demorou bastante e foi abrangente em vários aspectos da vida de Karol Wojtyla, ainda que eu não tenha visto desde o começo, percebe-se que era muito bom.

A Bandeirante já é tão apagada diante das outras, ainda não faz divulgação de seus filmes… sei não viu.

João Paulo II apelava para o bom senso dos governantes, percebia o sentimento nas pessoas e era, sem dúvida, o que a igreja católica contemporanea  precisava para obter o perdão que ganhou dos povos que massacrou durante tantos anos. Um conquistador por excelência, nem mesmo o grande Napoleão conseguiu uma magestade dessa plenitude. Há um quadro onde exibe um Napoleão egocentrico tomando a coroa da mão de Pio VII e, direcionando a si próprio, o titulo de imperador.

Napoleão tentou mostrar aos clero da época que não precisava deles para alcançar o coração do povo e seus objetivos.Diferente do nosso pontífice favorito, a magestade foi lhe imposta e governou com extremo esmero.

Pelo meu entendimento (independente do que todos poderão dizer), contemplamos o Alexandre, o grande de nossa época.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Oi é a 1ª vez que vi o teu blog e reflecti muito!Espectacular Trabalho!
    Cumps

    Curtir

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s