Entendendo a China com Jackie Chan

Quando estudamos História e descobrimos toda aquela questão de Eurocentrismo e tal, discutimos, na verdade, um Modelo.

Quando a Europa apontou que havia o “Oriente” (sim, divisar o mundo entre oriente e ocidente foi ideia do europeu), foi criado um conceito de Indivíduo Ideal. Quando o Europeu apontou que, fora de suas divisas, existia um mundo totalmente diferente do seu mundo idealizado (mais bárbaro e Culturalmente distoante do mundo Europeu), a Europa criou uma ideia de cidadão.

Hoje vamos discutir sobre um “outro” conceito de Cidadão Ideal: O chinês e faremos isso usando um dos artistas Marciais mais proeminentes de nossa geração: Chan Kong-Sang, mais conhecido pelo nome artístico de Jackie Chan.

Jackie-chan-02
Jackie Chan fazendo “Cosplay” da Chun-Li

Nada melhor do que um Astro de carreira consolidada para mostrar que nem todos nascem em berço de Ouro. Filmes como 1911 – A Revolução (filme mais pro lado “histórico”) e a franquia Police Story (mais precisamente o New Police Story ou Hora do Acerto em título nacional) mostra bastante das “novas” problemáticas vivivas na “Milenar China Globalizada”.

Deixa pra me crucificar nos comentários depois de ler o post, pode ser?!

CHINA E UMA NOVA ABERTURA CULTURAL?!

Perceba que o povo lá na Terra do Kung-Fu ainda é bastante fechado aos estímulos externos. Donos de uma herança Cultural inquestionável, uma das Sociedades mais antigas (e praticamente inalteradas desde sua fundação até o presente momento).

É complicado pro chinês abraçar “Outro” estereótipo quando o Seu próprio (leia Mao Tse-tung) já está de bom tamanho.

Enfim, apesar de sua Abertura Econômica ao resto do Mundo (iniciado em 1978 e depois na década de 90), o País sofre com os constantes problemas internos como Desigualdade Social.

jackie_chan[1]
Protagonistas da franquia Hora do Rush: Jackie Chan e “Todo mundo odeia o Chris”
Os filmes de Jackie Chan exemplificam bem o que eu estou tentando dizer. Enquanto o resto do mundo adota temátiacs diversas para suas películas, Jackie Chan se prende aos estereótipos chineses, sua Cultura Material (arquitetura e paisagismo) e Imaterial (Artes Marciais), além de sua herança Histórica.

 

Quer dizer, o Cara participou de mais de cem filmes (protagonizou uma caralhada deles), porém, Ele não esconde a temerância em participar de películas nas terras do tio Sam. Jackie não entende muito bem o tipo de humor das outras nações (principalmente o humor americano).

Em uma certa vez, revelou que a franquia Hora do Rush, apesar de ser a Favorita dos americanos, não é a favorita de Jackie justamente pelo humor feito pra gringo rir. O que não é de todo ruim, pois a Verba ganha com a franquia Hora do Rush vai pros Filmes destinados ao reforço de Identidade Nacional. A história de líderes como Mao Tse-tung, esse clamor é indispensável para a construção de uma Identidade Coletiva, onde se valoriza a Nação e não o indivíduo.

Mas nem só de Nacionalismo vive o chinês. São extremamente disciplinados, trabalhadores e não medem esforços para atingir suas metas. Seria muito bom para o povo brasileiro adotar um pouco do comportamento chinês…

….certo, teríamos menos cachorros nas ruas, mas é um sacrifício válido.

JACKIE CHAN É EMBAIXADOR DA UNICEF

Como todos já devem saber, (a não ser que você tenha vivido até o presente instante dentro de uma Lâmpada Mágica), o povo chinês enfrenta a pobreza e o descaso social só Deus sabe desde quando.

Com Jackie Chan não foi diferente: Sua infância foi muito pobre. Aliás, muitos mestres de kung-fu enfrentaram a pobreza e trabalharam ainda na infância para ajudar no sustento familiar ou mesmo manter-se vivos. Sua Cultura já não vê problemas em manter crianças trabalhando ou mesmo desfazer do cardápio coisas como carne de cachorro ou besouros, que era natural em tempos de guerra e falta do que comer.

A falta de dinheiro aos trabalhadores chineses é um grande problema (aliás, pra qualquer um). Nas bandas de lá, o salário do trabalhador é determinado por sua produção. Em 2008, só para você ter uma idéia, houve um tremendo corte nas verbas públicas (mas foi “aquele” Corte): Inúmeras fábricas fecharam e o salário da maioria esmagadora do povo menos abastardo caiu mais de 75%.

Esse tipo de situação, aliado ao fato de algumas famílias excederem a cota de natalidade que estimula apenas uma criança por família (de preferência homem), acaba favorecendo o comércio de crianças para pais estrangeiros.

Para tanto, nosso Astro de filmes de ação virou embaixador da Unicef e luta contra o preconceito sofrido por vítimas do HIV e Centros de Reabilitação de regiões do planeta onde as Crianças são as mais afetadas (tipo o Camboja, com a maior taxa de contaminação por HIV no Sudeste Asiático, 2,6%).

DIVERSAS FORMAS DE ARTE ASIÁTICA

O astro mais carismático dos filmes de Artes Marciais cresceu como qualquer outro menino chinês.  Segundo o Wikipédia (aí eu não tenho como confirmar se é fato ou não), a família de Jackie Chan quase o vendeu, quando ele era garoto, para uma família britânica ,devido a falta de dinheiro.

Aos sete anos entrou na escola de Ópera de Pequim (lá seu nome artístico era Yuen Lau ou Yuen Lo), passando cerca de dez anos de intensa dedicação aos estudos e aos treinamentos. Foi lá que Jackie encontrou um dos maiores Amigos e Parceiro nos trabalhos de Cinema e TV: Sammo Hung.

Os chineses são muito introvertidos e bastante sérios. Por muito tempo, a visão de Artista Marcial que o Mundo tinha da China era o Bruce Lee (cujo olhar era, praticamente, um murrão no pau da venta). Contudo, Jackie Chan fez diferente e, além de sua competência e talento, ele trouxe uma nova imagem de artista chinês: Carismático e engraçado.

Tanto que sua música também…

Sim, Jackie Chan é cantor. Como eu ia dizendo, Ele usa sua performance de Cantor para atingir outros Setores que os Filmes não conseguem. O estilo chinês (totalmente característico) pode ser conferido na voz de Jackie na maioria de seus filmes e também na Abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Poisé, isso é legal pacas.

JACKIE CHAN TAMBÉM É POLÍTICO?!

jackie-chan-03[1]Assim, como diz a máxima “Ninguém é Perfeito”, o cara tinha que ter um Defeito. Jackie não é, necessariamente um Político, mas sua participação nesse Mundo lá na China é bastante ativa.

Antes de qualquer coisa, você precisa entender, pequeno Gafanhoto, que a Política lá na China é diferente da politicagem cheia de acordos e troca de favores daqui. O que não signifique que na China a Política também não tenha lá seus problemas.

Mesmo tendo alguém como Jackie Chan.

A visão política entre Hong Kong (que fica dentro da China) e a própria China são bem diferentes (Hong Kong já tentou se tornar independente) e Jackie Chan, apesar de ter nascido em Hong Kong, defende a política chinesa mesmo assim.

VENDO UM CHINÊS COMO JACKIE CHAN, PODEMOS CONCLUIR QUE…

Entre mortos e feridos, nosso Astro pode não ser a maior referência para essa Tarefa, mas fica bem mais fácil entendê-lo em seus Filmes e vários deles mostram Costumes chineses e seus vários aspectos (o trabalho policial, o descaso com os mais velhos por parte dos jovens, problemas enfrentados pela rígida concorrência no regimento interno entre as crianças).

Nosso querido ator chines é um incrível exemplo de que alguém simples e humilde, mas com tenacidade e garra pode crescer e ser alguém na vida.

νθουσιασμός.

Anúncios

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s