Deus egípcio no livro Nosso Lar?!

Magali_ReencarnaçãoSempre achei que conseguiria encontrar “Meu” Egito por minhas forças… mas como interagir com uma Cultura que não interage com nenhuma criatura desde Jean François Champollion?

Minha Missão continua penosa, muitas vezes acho que estou dando socos na ponta de flecha ou mesmo dando com a cara na parede. Porém, esses dias fiz uma Descoberta, no mínimo, excitante.

Minha namorada me passou um livro chamado Nosso Lar (escrito por Chico Xavier e o “Espírito Amigo” André Luiz) que trata, além de outros aspectos, a rotina do Mundo Espiritual

… E não é nada do tipo assombrar casas, aparecer nas fotos e arrastar correntes.

Eu fui ver o filme Nosso Lar no Cinema (sim, sou preguiçoso pra ler livro, melhor ver o filme), mas foi lendo o Livro que pude considerar a possibilidade de um testemunho da atuação de uma entidade egípcia nas benfeitorias do Mundo Espiritual, tendo o deus egipcio da Sabedoria e da escrita, chamado Tot.

É, eu sei. Terei minha Santa Inquisição particular depois dessa. Sendo assim, vamos devagar com o andor que o santo é de barro.

NOSSO LAR SOB A ÓTICA DE UM “NÃO ESPÍRITA”
Muito provavelmente, quando você ler este Post, eu já voltei do Cinema e isso facilita as coisas pra mim. O filme Nosso Lar é baseado no livro de mesmo nome, que é antigo pacas e tive o prazer de ler quase todo…

…peguei no livro faltando uma semana para o lançamento do Filme em Fortaleza.

Na História, André Luiz explica como foi sua experiência ao chegar no Umbral e sua mudança para a Colônia Espiritual chamada Nosso Lar (que dá nome ao filme e ao livro).

Para quem não sabe, o Umbral é um lugar onde as pessoas vão para pensar nas merdas que fizeram enquanto Vivos e procurarem o perdão divino, evoluindo para encarnar novamente.

Acontece que, por não reconhecerem na Morte uma parte de um processo de aprendizado constante, essas pessoas mantém um clima de sofrimento e ódio reincidente, afastando-se da verdadeira proposta da ida ao Umbral, que é Aprender.

Pelo menos foi isso que eu entendi. Saca o video abaixo pra você ver como o bagulho é sério.

Isso é muito tenso.

Aqui caberia uma grande discussão sobre as atividades de André Luiz enquanto vivo, o motivo que o levou a demorar tanto no Umbral e o impacto da 2ª Grande Guerra Mundial nas Esferas Celeste, porém, minha proposta aqui é outra…

DEUS THOT SOB UMA ÓTICA ESPÍRITA
Agora que você já sabe tanto sobre o Mundo Espiritual quanto eu sei (ou seja, quase nada), vamos apresentar minha teoria maluca sobre o deus Thot. Para tanto, terei que dar Spoiler pra você entender aonde quero chegar.

Após ser resgatado do Umbral e já residente na colônia Nosso Lar, André Luiz (que era médico respeitado, mas mantinha alguns vícios que o levaram a morrer) deve arrumar um emprego e garantir o aprendizado para se aprimorar. Durante um determinado ponto do testemunho, André Luiz volta ao Umbral na condição de socorrista de Espíritos enfraquecidos.

Durante o evento, promovido por um grupo de Espíritos Evoluídos denominados Samaritanos, nosso herói acaba verificando o auxílio singular de alguns animais, entre eles, o Íbis.

Então lembrei do deus Thot (também Toth, ou Thoth, cujo nome em egípcio é Djehuty é provedor da sabedoria e equivalente do Prometeu grego).

DEUS EGÍPCIO EM RELATO ESPÍRITA?
O íbis, dentro do Mundo Espiritual, é uma criatura que combate de frente contra as forças sinistras do Umbral, forças que deprimem ainda mais a mente humana, expandido ainda mais a insana paranóia da morte.

Figura do deus egípcio Thot
Conforme já relatado, Thot é uma entidade egípcia que transmite o Conhecimento, contador e sabedor por excelência. Thot aparece em diversas formas (como um íbis, um humanóide com cabeça de íbis e até um babuíno).

A Sabedoria é parte primordial para a Evolução humana e é tarefa de Thot promover este recurso a todos os homens… e não apenas os vivos, os mortos também recebem esse auxílio.

Com Toth não há privilégios, todo mundo é igual.

Na narrativa, o íbis alça vôo para verificar as distâncias entre as sádicas criaturas e os Espíritos atacados, além de enfrentar as negras forças umbralinas. Sua habilidade é devorar a massa negra que enlouquece os Homens e devolve a sanidade ao espírito cansado e confuso.

Nenhuma Força Maligna ferra com o Íbis!

É interessante apontar que Thot é muito associado ao Mundo dos Mortos e tem presença certa no Julgamento dos Morto, seja fazendo cálculos ou esclarecimentos. O Íbis age diretamente no Mundo dos Mortos, seja combatendo forças umbralinas que aperreiam todos no Umbral, seja aliviando a mente atacada dos desencarnados que são acometidos pela tal massa negra.

Entendam que a temática é essencialmente a mesma, apenas o foco é diferenciado. Um escopo sedutor. Uma realidade crível.

CONCLUSÃO
Para mim, a questão não é, simplesmente, Thot não é Deus, mas um Auxiliar no Mundo Espiritual, uma mão na roda que combate as forças que impedem os Homens de alcançar o Raciocínio/Inteligência/Utilidade. Ele é Real, apenas não é um Deus como aprendemos.

Nem tudo é o que parece, acostume-se.

Ah, claro, muitos “Sábios” vão torcer o nariz ao ler que Thot foi comparado a um passarinho (já estou até vendo). Acredito que minha proposta não diminui a importância da entidade milenar.

Há uma visão limitada do Divino. Muita gente entende que, pra ser Divino, tem que ser um “Deus distante e inatingível” e é esse conceito limitado/simplista/elitista de Divinização que complica o meio de campo na hora de trabalhar certas ideias tão enraizadas e solidificadas. Alguns podem até achar que minha teoria é falha pois,além de tratar-se de um relato Espírita (que não recebe a devida credibilidade) analizada por um “não Espírita” (o que tem menos credibilidade ainda), não achei mais atuações de Íbis por aí.

Para tanto, penso que o propósito de André Luiz não era o mesmo do meu, mas algo MUITO MAIOR e, sinceramente, acho que tivemos sorte de esbarrar em tão interessante proposta. Melhor do que isso, só uma consulta direta com algum Espírito que conheça melhor as atribuições do íbis por lá…

…eu mesmo faria isso, mas quem cuidaria do Blog?

Além do mais, o rei Saul proibiu consultar Espíritos. Qualquer coisa, comenta aí. ενθουσιασμός.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Luciana Mello disse:

    Você até que teve um raciocínio bacana pra quem leu apenas o Nosso Lar. Já me peguei diversas vezes tentando fazer isso… até que me apresentaram ao livro OS EXILADOS DA CAPELA e ali vc encontrará os Egípcios. Foi assim que muita coisa se explicou! Este livro descreve os primórdios da humanidade e como as civilizações se desmembraram por meio de seus merecimentos. Aproveite o embalo e leia também, é um livro pequeno e não tomará muito tempo. Acho que todo historiador deveria ler, independente de crença. Devemos abrir nossos horizontes.
    E foi nele que tive certeza que ATLÂNTIDA existiu!
    No mais… tenha cuidado na mistura de animais e seres humanos, pois os animais estão numa base inferior de evolução e não se misturam nas esferas espirituais,pois precisam de tratamento diferenciado. Nas colônias, os animais são plasmados para auxiliar as crianças e trazer harmonia àqueles ainda muito ligados à matéria.
    Abraços,
    Luciana
    (Espírita e Historiadora)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Carlos Bazuca disse:

      Com efeito, eu li apenas o Nosso Lar, pois eu vi o trailer no cinema e fiquei interessado em ver a questão da 2ª Grande Guerra Mundial por uma óptica diferente (espírita), acabei pegando carona com minha noiva e li o livro faltando quase uma semana pra estréia nas telonas. Aceitarei a recomendação e procurarei OS EXILADOS DA CAPELA.
      Quanto ao tratamento cuidadoso nas figuras zoo-antropomórficas, vale lembrar do simbolismo exacerbado da cultura do Antigo Egito. No caso de Toth, o Íbis é um ativo no tratamento da loucura dos espíritos que não querem desencarnar e seguir o curso evolutivo nem por um decreto. O fato da retratação de um homem com cabeça de Íbis deve ser intimamente ligado ao “lado profissional” do Íbis no lado de lá, ele devora a energia escura e devolve a lucidez. A iluminação, emancipação da consciência humana pudera ser associada na cabeça, daí acredito aludir a cabeça do Íbis no lugar da cabeça humana convencional. Thot seria o homem agraciado pela luz que expande a psiquê, benefício dado pelo Íbis.
      Sei lá, só divagações. Obrigado pela contribuição.

      Curtir

      1. Luciana Mello disse:

        Realmente, no final muitas coisas se cruzam. Coisas que nem nos damos conta. Mas o simbolismo em todas as culturas do planeta Terra, tanto antiga quando atual, tem a ver com a forma de facilitar o recebimento das mensagens espirituais.
        Vou te dar um exemplo: O chamado preto velho das manifestações em religião afro, foi uma forma de alcançar aquela população por um figura familiar. Muitas vezes é necessário desenhar para uma criança para que ela compreenda a mensagem de acordo com seu grau de evolução. Também contamos com a sabedoria que trazemos no nosso inconsciente, um pouco confusas, que acabam sendo simbolizadas de forma equivocada, mas que no fundo tem tudo a ver com o momento passado por aqueles espíritos.
        Foi uma boa comparação a sua!
        Abração!

        Curtido por 1 pessoa

  2. enoc disse:

    Os mitos do Egito tem tudo a ver com os exilados de Capela, porem a visão do Ibis como uma criatura humanoide vem realmente do mundo espiritual do Orbi terrestre. As lendas Rosa Cruz Armoc também dão estas pistas, muitos animais são utilizados pelos sentinelas do muro e por auxiliares dos Samaritanos como cães, aves gigantes e outros, destruindo formas pensamentos de baixa frequência. Porem são especulações pobres se não observarmos o que cada mito representa hermeticamente. E os espíritos Samaritanos não são superiores e sim trabalhadores de seus próprios benefícios, e são como nós com um pouco mais de conhecimento do invisível.
    Munto boa suas divagações evoluto…

    Curtido por 1 pessoa

Comenta aí, pô!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s